Praça do Comércio

A Praça do Comércio é a praça mais importante de Lisboa. Durante décadas, foi a porta de Lisboa para o comércio marítimo.

A praça foi construída onde estava o Palácio Real antes de ser destruído pelo grande terremoto de 1755. 

A fisionomia da Praça do Comércio é formada por um conjunto de edifícios instalados em três dos seus lados e está aberta do lado sul, olhando ao Tejo. Historicamente ali chegavam os barcos mercantes e essa era a porta de Lisboa.

Perto da praça, na margem do rio, está a estação fluvial Cais de Sodré, de onde saem as excursões pelo Tejo e os barcos que cruzam o rio. 

Pontos turísticos

Na Praça do Comércio, há dois pontos de especial interesse: 

Arco Triunfal da Rua Augusta

Localizado no lado norte da Praça do Comércio, o Arco da Rua Augusta dá início à rua de mesmo nome, a mais importante da Baixa.

O Arco Triunfal da Rua Augusta foi criado pelo arquiteto Santos de Carvalho para celebrar a reconstrução da cidade depois do grande terremoto. Sua construção terminou em 1873 e suas estátuas representam, entre outros, Vasco da Gama e o Marquês de Pombal. 

Estátua equestre de José I

Esculpida em bronze por Machado de Castro em 1775, representa José I, rei português durante a época do terremoto de Lisboa. 

Transporte

Metrô: Terreiro do Paço‎, linha azul; Baixa/Chiado, linhas verde e azul.

Lugares próximos

Catedral de Lisboa (380 m)
A Baixa (385 m)
Elevador de Santa Justa (567 m)
Castelo de São Jorge (726 m)
Praça do Rossio (737 m)