Padrão dos Descobrimentos

Padrão dos Descobrimentos

Com 52 metros de altura, este monumento comemora o quinto centenário da morte de Henrique o Navegante, descobridor dos Açores, Madeira e Cabo Verde.

Próximo à Torre de Belém e ao Mosteiro dos Jerônimos está este monumento de 52 metros de altura erigido em 1960 para comemorar os 500 anos do nascimento de um dos grandes descobridores de Portugal: o infante Henrique o Navegante, descobridor de Madeira, Açores e Cabo Verde. 

O Monumento aos Descobrimentos contém um grupo escultórico com a forma da ponta de uma caravela, sobre a qual o Infante abre caminho a diversos personagens que tiveram relação com os grandes descobrimentos da história de Portugal.

Mirante do Monumento aos Descobrimentos

Se você quer ter uma panorâmica de Belém do alto, você pode subir neste monumento. A subida pode ser feita em um elevador.

Do alto, você poderá contemplar o monumento de Belém, os bairros do oeste da cidade e, o mais importante, um mosaico de mármore que está nos pés do monumento e que representa uma rosa dos ventos que tem no centro um mapa-múndi.

A Rosa dos Ventos mede 50 metros de diâmetro e foi desenhada por Cristino da Silva. Foi um presente da República da África do Sul.

Horário

De outubro a fevereiro: das 10:00 às 18:00 horas (fechado às segundas).
De março a setembro: das 10:00 às 19:00 horas.
Fechado nos dias 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.

Preço

Adultos: 5€.
50% de desconto: maiores de 65 anos e portadores do cartão jovem.
30% de desconto: portadores do Lisboa Card.
Grátis: menores de 12 anos.

Transporte

Bonde: linha 15.
Ônibus: linhas 728, 714, 727, 729 e 751.
Trem: Belém, linha de Cascais.

Lugares próximos

Museu Nacional de Arqueologia (428 m)
Mosteiro dos Jerônimos (449 m)
Museu dos Coches (681 m)
Belém (842 m)
Torre de Belém (919 m)